Regras de convivência no pós pandemia (O Novo Normal)

No final do ano de 2019 e a proliferação do vírus Covis 19 algumas regras de convivência foram determinadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com o objetivo de conter a rápida e alta transmissão do vírus. Essas regras fizeram com que tudo que era considerado normal como um abraço ou beijo fossem evitados e a implementação do distanciamento social e utilização de máscaras fosse considerado o novo normal e extremamente recomendado.

Os meses foram passando e a pandemia persiste a mais de um ano com uma alta novamente na transmissão em alguns locais, mesmo com a vacinação em andamento. Alguns países que apresentam um ritmo acelerado e eficiente na vacinação já mudaram um pouco suas regras de convivência e passaram a flexibilizá-las, mas sempre com cuidados e cumprindo as regras de segurança com o que é recomendado.

Segundo estudos a vacinação é a única saída segura da pandemia, mas considerando o período de fabricação dos imunizantes e a vacinação da população deve demorar um tempo até que uma porcentagem significativa esteja totalmente imunizada.

Mesmo com as vacinas tomadas e imunizadas corretamente as pessoas devem seguir algumas regras necessárias. Após a primeira dose a depender da marca da vacina a segunda dose varia um determinado tempo para ser aplicada, sendo por exemplo 22 dias a CoronaVac e três meses a AstraZeneca, após a aplicação da segunda dose leva um determinado tempo para que as pessoas adquiram os anticorpos e estejam realmente imunizadas contra o vírus. Durante esse período é necessário manter o distanciamento social e a utilização das máscaras até o tempo determinado pelos profissionais de saúde.

A medida que a população for se vacinando e uma boa parte da população esteja imunizada a convivência passa a ser flexibilizada, como é o caso do Estados Unidos que já é permitido reunir grupo de até dez pessoas sem máscara ou Israel que com 60% da sua população imunizada as pessoas podem andar nas ruas sem a utilização das máscaras.

O Brasil vem imunizando sua população ainda em um ritmo lento e vem sendo considerado o novo epicentro da doença devido ao número de mortes diárias e a transmissão em alta. A vida pós pandemia é um sonho para todos mas é necessário viver um dia de cada vez e cumprir as regras de convivência estabelecidas para esse período mais crítico que por enquanto é a realidade dos brasileiros. Mas graças a ciência e aos profissionais de saúde o novo normal está mais perto do que longe, sendo apenas necessário manter os cuidados e esperar ansiosamente o dia da vacina.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *